fbpx

Sono: nomeado o principal pilar da vida?

por Bruno Fontana | |

Os novos estudos sobre o sono revelam que o tema é muito mais complexo do que até hoje se imaginou: ele pode ser o principal pilar da vida. Relações sociais e a saúde da população mundial pode estar em perigo – inclusive você!

Os países mais industrializados possuem hoje os maiores índices de doenças mentais, obesidade e câncer do mundo. Será coincidência o fato de que são os países com menor número de horas dormidas?

Neste artigo você saberá qual o impacto do sono inadequado para a saúde, felicidade e produtividade da vida contemporânea. Saberá qual a forma correta de dormir através de dicas simples de colocar em prática.

O sono e o fogo

sono e a descoberta do foco

A maior parte dos animais e organismos vimos dorme. Dormir é uma parte inerente à vida. A inteligência orgânica e biológica programou os seres dessa maneira.

O que você não sabia era que o ser humano nem sempre dormiu da forma que dorme hoje. Antes da descoberta do fogo nossos antepassados dormiam em árvores ou cavernas perigosas.

Imagine você dormindo em cima de uma árvore, tendo que se encaixar entre galhos e troncos para não cair quando o corpo adormecesse. Agora, imagine: era possível dentro desse contexto relaxar completamente?

Após a descoberta do fogo o ser humano pôde espantar predadores e dormir no chão firme, onde não precisava se equilibrar. Isso trouxe, ao longo dos anos, uma particularidade só vista na espécie humana até então: o aumento do tempo em sono REM.

O sono é dividido em dois estágios, o sono REM e o sono NREM. O sono NREM é o estágio onde acontece a seleção das memórias mais importantes do dia. Como se fosse o setor de uma empresa responsável por fazer uma primeira seleção de materiais importantes.

O sono REM é o estágio do sono responsável por levar as memórias de curto prazo para memórias de longo prazo. A informação selecionada pelo NREM foi enviada para o REM, onde haverá a decisão final: qual memória realmente devemos reter?

É um estágio fundamental para a aprendizagem. Sem ele tudo o que você aprende teria que ser aprendido no dia seguinte. Os dois estágios são fundamentais para que o ciclo de complete de forma adequada.

Isso é o que separa você de todos os animais da natureza: seus aprendizados são mais complexos, interconectados, interdependentes e duradouros.

Hoje há uma discussão no meio científico para compreender o quanto da evolução humana se deu pelo sono e o quanto se deu pela alimentação pós descoberta do fogo.

O que importa neste momento é que o sono, particularmente o sono REM, nunca foi visto com tamanha seriedade como hoje em dia. Estudos revelam que dormir é muito mais importante do que descansar e corpo e a mente.

Sono: o principal pilar da vida

sono como pilar da vida

Os profissionais da saúde costumam dizer que os três pilares para uma boa saúde são a alimentação, exercícios e descanso. Eles estão corretos. Contudo os pilares da alimentação e exercícios já são hoje bastante explorados, ao contrário do descanso.

O descanso ainda é obscuro para a maioria das pessoas. Se resume em “dormir 8h por dia”. Mas, por quê? Será que o número de horas realmente importa? O que mais é preciso considerar nessa equação para ter resultados de verdade?

O sono não só é um pilar da saúde como também é o pilar que sustenta todos os outros. Estudos citados no livro Por que nós dormimos, do renomado cientista do sono Matthew Walker, revelam que para se alimentar bem e manter a motivação necessária para continuar fazendo exercícios físicos é fundamental ter uma boa noite de sono.

Pessoas que dormem menos do que o necessário demonstram impulsos em busca de açucares e gorduras, além de serem menos pacientes, mais impulsivas e menos motivadas a fazerem exercícios e melhorar sua performance na vida.

Sendo assim, se você deseja parar de comer por impulso e começar a fazer exercícios físicos com regularidade, começar pelo sono pode ser o mais fácil e prazeroso passo a ser dado.

Sono inadequado e as doenças associadas

doenças do sono

Muitos casos onde as pessoas acreditam estar no início da doença de Alzheimer é apenas um caso de escassez de sono. Falhas importantes na memória acontecem e acabam assustando.

Porém, há estudos que associam casos de Alzheimer a falta de sono recorrente, sobretudo no início da terceira idade. É comum o idoso ter problemas para dormir por diversos fatores que podem ser revertidos.

Por vezes o uso de medicamentos, a ida constante ao banheiro no meio da noite, os sons ou as luzes podem interferir no sono e, por consequência, aumentar as chances de Alzheimer.

Além disso, aumentam-se exponencialmente as chances de adquirir problemas de coração, muitas vezes associado apenas à herança genética, alimentação e sedentarismo.

Os riscos de câncer, doenças adquiridas por imunidade baixa, transtornos mentais entre outros problemas relacionados ao humor aumentam com a falta de um sono adequado. Mas, o que exatamente é um sono adequado?

Quanto tempo você deve dormir

quantas horas dormir

Talvez você lembre das noites que passou em claro por conta das festas, trabalhos ou projetos e acredite que não tenha sido nada. Talvez você seja do tipo que dorme pouco durante a semana e busca compensar no final de semana.

Os estudos revelam que são necessários 3 dias consecutivos de sono reparador para compensar apenas uma noite mal dormida. Ou seja, dormir apenas no final de semana não é o suficiente.

É considerado um caso crônico de sono as pessoas que dormem menos de 7 horas por noite comumente. Portanto, se você está em fase adulta é necessário dormir pelo menos 8 horas por noite.

Caso contrário, as doenças citadas acima aumentam gradualmente suas chances de acontecer.

Quais os benefícios do sono

benefícios do sono

Regulação hormonal, aumento de memória e capacidade cognitiva, diminui o desejo pelos açucares. Melhora as relações interpessoais devido ao estado emocional mais positivo e menos reativo.

Rejuvenescedor natural, contribui para a renovação celular e prevenção dos telômeros, parte do cromossomo responsável pela multiplicação das células do corpo.

Falar sobre a importância do sono é parecido com falar da importância de respirar. Você não questiona que respirar é importante, da mesma maneira que não deveria questionar que dormir bem é fundamental.

Porém, dormir bem está sob o seu controle, diferente do respirar – para a sua sorte. O sono adequado é a base para uma vida saudável, feliz e realizada.

Dicas para dormir melhor

dicas para dormir melhor

Durma na completa escuridão.

Qualquer luz, por menor que seja, bloqueia a liberação de melatonina pela glândula pineal. A melatonina liberada é responsável pelo que os cientistas chamam de “pressão do sono”.

Para estimular o seu ciclo circadiano, que é o relógio biológico dos seres vivos, comece a diminuir as luzes duas horas antes de dormir e corte os tecnológicos pelo menos uma hora antes.

Deixe os tecnológicos de lado

A luz branca e a ativação cerebral que as mídias sociais e os tecnológicos causam prejudicam o estado de sono. Opte por ler um livro, meditar, se dedicar a outras tarefas que não incluam computador ou celular.

Tome sol

Tome sol durante 10 a 15 minutos ao meio dia ou no início da tarde. Desta forma, seu corpo identificará quando é hora de ficar acordado e quando é hora de desligar o sistema. Além disso, com o sol você sintetizará vitamina D, importante para o humor e absorção do cálcio.

Relaxe profundamente

Faça alongamentos, yoga, meditação, massagem. Escute músicas calmas, borrife aromas agradáveis e orgânicos, feitos com óleos essenciais em sua casa, quarto ou onde for dormir. Dessa forma você ativará as sensações do corpo para desacelerar e entrar em processo de sono.

Não beba água

Se você costuma acordar durante a noite para ir ao banheiro, saiba: este é um hábito danoso para a renovação que seu corpo faz durante o sono. Para evitar que isso aconteça não tome água por uma a duas horas antes de dormir.

Conheça o primeiro método integral de massagem expressa do Brasil

massagem e sono

Muitas vezes dores e desconfortos por menores que sejam consomem sua energia durante o dia e a noite. A incapacidade de silenciar os pensamentos que insistem em dominar quando a sua cabeça deita no travesseiro também é um problema.

Para ajudar você a estar mais presente, tranquila e em paz com seu próprio corpo criamos o Método River, o primeiro método integral de massagem expressa do Brasil.

O Método é a união da meditação, aromaterapia, música, massagem e estado de gratidão. Em conjunto esses elementos serão capazes de fazer com que você sinta o que de melhor é possível.

Para agendar a sua experiência encontre o profissional mais próximo de você. Caso queira levar esse benefício para a sua empresa, contate a gente. Será um prazer ajudarmos.