fbpx

6 Dicas Para o Marketing do Massoterapeuta

por Bruno Fontana | | ,

marketing massoterapeuta

É muito comum o profissional se confundir na hora de pensar sobre seu marketing ou até mesmo achar que é complicado demais. Marketing para clínicas, por exemplo, é diferente e mais complexo do que marketing para o massoterapeuta autônomo.

Muitas vezes o profissional se perde na hora da organização e criação do seu marketing por pensar que precisa desenvolver estratégias que clínicas de massagem mais robustas precisam. Nesse artigo você saberá tudo que precisa considerar na hora de pensar no seu marketing pessoal.

Por que devo saber marketing para massoterapeuta

Existem crenças muito comuns no mercado da massoterapia que acabam prejudicando o profissional massoterapeuta que deseja crescer. Uma delas é achar que não precisa desenvolver a sua imagem profissional e dar conta do seu marketing da forma correta.

A maioria dos massoterapeutas que não conquistam os resultados desejados ainda acreditam que apenas com técnicas de massagem mais avançadas e conhecimento em saúde eles chegarão nos seus objetivos.

Esse tipo de pensamento dava certo no século passado, quando o número de profissionais era muito mais baixo e a quantidade de informações no mundo era muito menor. Hoje não é mais suficiente ser muito bom no que faz, é fundamental parecer muito bom também.

É exatamente aí que entra o marketing para massoterapeutas. Existe uma diferença muito grande entre ser um ótimo profissional massoterapeuta e parecer ser um. Você também precisa parecer para que seus clientes queiram investir nos seus serviços.

Uma extensão da crença anterior é a famosa frase “vou fazer uma massagem incrível e as pessoas vão indicar meu trabalho”. As pessoas podem até indicar, porém, isso não está no controle do massoterapeuta e muito menos tem alguma previsibilidade.

Com o marketing feito da forma correta é possível aumentar a previsibilidade de quantos clientes você terá e quanto tempo levará para chegar na meta. Além de poder aumentar o preço do seu atendimento de massagem com mais tranquilidade e ser lembrado pelos seus clientes e potenciais clientes.

marketing massagem pdf

Marketing para Massoterapeuta vs Marketing para Clínica

Tudo começa pela clareza da diferença entre os objetivos que você tem como massoterapeuta e os objetivos que uma clínica ou profissional de outro segmento possui.

Uma clínica com 5 salas para atendimento e 5 profissionais massoterapeutas tem uma necessidade diferente da sua. É muito comum o massoterapeuta se colocar “no mesmo cesto” e achar que precisa fazer as mesmas coisas que vê clínicas de massagem fazendo.

Imagine que uma clínica precisa executar estratégias para conquistar 25 clientes ou atendimentos de massagem por dia – considerando 5 para cada profissional massoterapeuta. Quantos clientes você precisa como massoterapeuta autônomo?

Uma clínica de massagem precisa investir muito mais em campanhas, marketing digital, marketing de indicação e divulgação para manter o fluxo do que você. Como massoterapeuta autônomo o seu marketing precisa garantir, normalmente, de 3 a 6 pessoas por dia.

Outra influência que pode gerar desgaste e até mesmo travar o massoterapeuta é se basear em influenciadores digitais. A crença de que é fundamental usar redes sociais para crescer profissionalmente é o maior mito que já ouvi até hoje – exatamente o que você vai saber agora.

Redes Sociais Para Massoterapeutas: Quando Usar?

marketing massoterapeuta autônomo

Existe o mundo físico e o mundo digital. São dois mundos distintos. Cada um deles têm lógicas diferentes de funcionamento.

O maior mito é que as redes sociais são indispensáveis e que é impossível crescer sem elas no mundo de hoje. Existe uma grande omissão nessa informação, que é a seguinte: qual é o objetivo final? O que é crescer, exatamente? Quantos clientes você precisa para considerar que “chegou lá?”

Para alguém que quer expandir cursos online, prospectar centenas de clientes por dia ou até mesmo lotar um evento com mil pessoas, a rede social é praticamente indispensável. Em contraponto, para quem deseja chegar nos 100 clientes por mês, a rede social pode ficar de fora.

Objetivos diferentes, estratégias diferentes

É fundamental que você considere o seu objetivo na hora de definir quais caminhos irá percorrer para chegar lá. A rede social é apenas um dos canais para chegar no objetivo, não necessariamente é o melhor e muito menos o mais rápido.

Quando o massoterapeuta está começando ele deseja postar, fazer página, etc. Isso é recomendado, sim. Ter um canal digital para que te conheçam é interessante.

O problema é depositar nessa estratégia mais resultados do que ela trará. Para trazer clientes pelas redes sociais você precisa desenvolver outras habilidades de geração de conteúdo, escrita persuasiva, vídeos ou anúncios. Ou até mesmo tudo isso junto.

Nem todos querem trilhar esse caminho e preferem os meios mais tradicionais e offline. Não há nada de errado nisso. Apenas é importante que você compreenda que cada caminho terá seus desafios: nenhum é isento de desafios.

As redes sociais estão entregam os conteúdos para poucos seguidores para fazer com que as empresas se obrigam a anunciar mais. Na prática, você posta algo e pouquíssimas pessoas irão receber aquele conteúdo – em média de 3% a 7% dos seus seguidores.

Redes sociais são meios secundários para massoterapeutas que estão começando e não possuem uma boa familiaridade com mídias sociais e anúncios.

O crescimento online de forma orgânica – sem qualquer tipo de anúncio – é demorada e bastante trabalhosa. Por outro lado, jamais descuide da sua imagem profissional no Instagram e Facebook.

Não precisar postar todo dia ou virar um influencer é diferente de ser “desleixado” com a sua comunicação na internet. Não “queime o seu filme” colocando fotos, vídeos e informações incoerentes com os seus objetivos.

Agora, se você já tem algum resultado como profissional e pode investir em um tempo maior de aprendizagem para resultados maiores, as redes sociais podem sim ajudar.

Resumindo, se você precisa de resultados rápidos e imediatos, estratégias presenciais servirão melhor – como você verá agora. Se você já possui resultados e pode construir com mais qualidade uma estratégia digital, se aventure por lá.

Muita atenção a esse detalhe!

massagem na cadeira

Uma má impressão gera mais impacto e será mais lembrada do que uma boa impressão. Isso é um funcionamento natural do ser humano: dar mais atenção ao que não é bom.

Sabendo disso, é importante que você adube a terra antes de plantar. Transmitir uma imagem ruim nas redes sociais pode ser o suficiente para assassinar a sua carreira como massoterapeuta.

O que mais existe são massoterapeutas postando em redes sociais tudo aquilo que não tem a ver com saúde, se vestindo de uma maneira inadequada para o lugar e a mensagem que desejam passar e se comportando de forma desalinhada.

Primeiro comprarão você, depois seu serviço

Tenha claro de que as pessoas primeiro comprarão você, depois os seus serviços. Se você não transmitir confiança, profissionalismo, saúde, qualidade e bem-estar provavelmente elas dirão frases como “hoje não”, “está caro”, “não é para mim”, “já resolvi aqui e agendei em outro lugar”.

Muitos “nãos” são uma forma educada de dizer “eu não confio no seu trabalho, você não me convenceu”. Cabe a você compreender isso e se permitir melhorar. Observe como médicos, fisioterapeutas e psicólogos se comportam. Modele o comportamento deles, a forma com que falam, a postura corporal.

Como profissional da saúde você também deve orientar seus clientes com a mesma segurança e postura. Você já viu alguém pedir desconto para médico? Já viu alguém desvalorizar um médico? Isso acontece por que ele se coloca no papel de autoridade sobre o assunto que fala.

Você também deve se comportar como autoridade no assunto relaxamento muscular, alívio de dores, fáscia, mobilidade, entre outros assuntos que o massoterapeuta domina e muitas pessoas não fazem nem ideia que existem – cabe a você aumentar a consciência delas.

Desenvolva uma postura impecável de profissional da saúde. Seja lembrado pela sua postura e não como “uma pessoa que aperta pessoas”. A forma com que os outros lembrarão de você cabe mais a como você se comunica do que aos outros em si.

livro digital duplique sua agenda

Marketing para Massoterapeuta: 6 Estratégias

Agora você terá dicas de como fazer o marketing para massoterapeuta autônomo de forma prática e simples. Para aumentar seus resultados é fundamental saber quem é seu público ideal para atendimento.

Em outro artigo aqui do blog eu falo sobre isso: como encontrar seu público para massagem.

O público certo tem tudo a ver com marketing para massoterapeuta. Sem isso, você simplesmente estará na completa escuridão.

1) Parceria com Negócios Estratégicos:

O atendimento presencial é uma das formas mais rápidas de obter resultados – se o serviço e a estratégia for bem executada. Como a massagem é uma atividade sensorial ela gera impacto emocional e engaja as pessoas.

Isso pode ser usado a favor do massoterapeuta para obter mais clientes e se posicionar de maneira estratégica. Realize campanhas periódicas em locais externos também para ser lembrado pelos seus clientes e ser visto por mais pessoas.

A sensação de “eu vejo você em todo lugar” é muito positiva quando se fala de marketing. Vários pontos de contato trazem a sensação de que você é conhecido e muito bom no que faz.

2) Parceria com Profissionais Estratégicos:

Além de acrescentar os motivos citados acima, essa estratégia posiciona você ao lado de outro profissional da saúde, o que ajuda a levar uma imagem mais multidisciplinar para a massoterapia e para a importância que você dá para saúde.

Além de elevar sua marca pessoal – caso o profissional parceiro seja relevante – também ajuda a criar uma rede próspera de indicações.

3) Participação em Feiras:

Que tipo de feira ou evento o seu público frequenta? Esteja nesses eventos. As vezes é necessário pagar para montar um stand ou até mesmo atender gratuitamente: se o seu público estiver lá valerá à pena. Eventos são ótimos para se posicionar como profissional, prospectar contatos de pessoas novas e também criar movimentos online, se você já estiver com esse canal – o digital – bem fluído.

4) Material Impresso:

Entre fazer materiais impressos de baixa qualidade e não fazer, eu recomendo que você não faça. Os materiais impressos ancoram o preço e a qualidade do seu serviço. Como o serviço não possui uma embalagem própria – por se tratar de algo volátil e não um produto – o cliente busca nos elementos tangíveis e visuais uma ideia sobre o serviço.

Se o folder é feito em um papel muito simples “o serviço é simples e barato”, se ele é em um papel premium “o serviço é premium e mais caro”. Tudo depende de como você quer se posicionar e ser lembrado pelo seu cliente: barato ou caro.

5) Apresentação dos Serviços – Relação Preço-Imagem:

O preço do serviço precisa estar coerente com tudo aquilo que aparece. Imagine que alguém apresenta um catálogo com seus serviços, em uma pasta com capa de madeira nobre no estilo cardápio, com o design incrível e profissional e ainda aromatizada… Depois de apresentar essa pessoa cobra de você R$50,00 pelo atendimento.

Você se assusta com o preço. Essa apresentação facilmente é de um serviço premium, de R$150,00 a R$250,00 e estaria disposto a pagar isso. Essa apresentação acabou de gerar um ponto de incongruência.

O contrário é verdadeiro: se você apresentar seus serviços em uma folha impressa preto e branco e cobrar R$250,00. É uma apresentação de serviços de baixo custo.

6) Campanha de Indicação:

Crie campanhas de indicação que valem pontos, atendimentos e prêmios. Faça seus clientes indicarem ativamente seus serviços. Não espere que eles façam isso de livre e espontânea vontade.

Além de funcionar como uma campanha de engajamento com os clientes, também funciona para criar máquinas de prospecção que podem funcionar quase automaticamente.

Conclusão e considerações

Execute o que você aprendeu acima e depois conta pra gente. Seguindo estratégias de marketing de forma consistente é possível ir além dos salários medianos da categoria de massoterapeuta.

Mais importante que isso, é possível viver muito bem dos seus serviços e transformar muito mais vidas através do toque.